A favor da vida

Participei da Comissão Especial destinada a proferir parecer à PEC nº 58-A/2011, conhecida como a PEC da Vida. A proposta visa estender a licença maternidade em caso de nascimento de bebês prematuros até a quantidade de dias que o recém-nascido passar internado.

Tendo em vista que o tema da Comissão é a defesa pela preservação da vida, apresentei requerimento com intuito de analisar os riscos da realização do aborto e as suas consequências, tanto na esfera judicial quanto emocional.

Segundo Pesquisa Nacional de Aborto (PNA) realizada em 2010, a proporção de mulheres que fizeram aborto cresce com a idade. Essa proporção varia de 6% para mulheres com idades entre 18 e 19 anos a 22% entre mulheres de 35 a 39 anos. Isso mostra o quanto o aborto é um fenômeno comum na vida reprodutiva das mulheres.

Vamos continuar lutando pela vida!