Entenda mais sobre:

Entenda as siglas usadas no Congresso Nacional. Fiquem de olho, sempre teremos siglas novas para você cidadão estar sempre inteirado da linguagem que o Legislativo usa.
1) Um projeto de lei pode ser apresentado por qualquer parlementar, comissão da da Câmara, do Senado ou do Congresso, pelo presidente da República, pelo procurador-geral da República, pelo Supremo Tribunal Federal, tribunais superiores e cidadãos.

2) Os projetos começam a tramitar na Câmara, à exceção dos apresentados por senadores, que começam no Senado. Quase todos tramitam em caráter conclusivo, o que significa que, se forem aprovados nas comissões, seguem para o Senado sem precisar passar pelo Plenário. Mas, se 52 deputados recorrem, o projeto vai para o Plenário.

3) O presidente da República pode solicitar urgência para apreciação de projeto de sua iniciativa. Nesse caso, a proposta tem que ser votada em 45 dias ou passará a trancar a pauta da Câmara ou do Senado (onde estiver no momento).

4) Um projeto de lei também pode passar a tramitar em regime de urgência se o Plenário aprovar requerimento com esse fim.

5) O projeto de lei aprovado na Câmara será encaminhado para votação no Senado. Se for aprovado sem alterações, o projeto será enviado ao presidente da República para sanção. Se for alterado no Senado, o projeto volta para a Câmara.

6) O presidente da República tem 15 dias úteis para sancionar ou vetar projeto aprovado pela Câmara e pelo Senado. Todos os vetos têm de ser votados pelo Congresso. Para rejeitar um veto, é preciso o voto da maioria absoluta de deputados (257) e senadores (41).

Fonte: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/481884-CONHECA-A-TRAMITACAO-DE-PROJETOS-DE-LEI.html
Vejo a tramitação dos projetos de lei do deputado Marcos Soares

Qual a importância de um Discurso ?

Discurso é a livre manifestação da democracia brasileira em forma de opiniões e palavras!

Um discurso é de extrema importância em várias ocasiões.

Na esfera pública, nós parlamentares utilizamos dos discursos para firmar posições, chamar a atenção da sociedade e dos outros Poderes para algum assunto que esteja na mídia e que interesse a sociedade.

Também utilizamos os discursos para informar, parabenizar pessoas, ações filantrópicas, segmentos, etc.

-->